Seja você também um Voluntário.

Doe seu tempo e conhecimento em favor do próximo.

Faça parte do Corpo de Bombeiros Civil - Brasil  no estado da Bahia, entidade criada em 2000 e que desde então presta serviços ininterruptamente à comunidade. Ajude o próximo doando seu tempo, sua dedicação e conhecimento.
Ajudamos nas mais diversas situações
O Corpo de Bombeiros Civil - Brasil da cidade de Esplanada no estado da Bahia atua na prevenção e combate a incêndios, salvamentos, atendimento pré-hospitalar, treinamentos e formação de novos bombeiros.

Ajudamos nas mais diversas frentes

O Corpo de Bombeiros Civil - Brasil, atua na prevenção e combate a incêndios, salvamentos, treinamentos e formação de novos bombeiros civis e voluntários.

Para se tornar um Bombeiro Voluntário Operacional você precisa:


Caso esteja interessado/a em integrar o Corpo de Bombeiros Civil - Brasil, deverá formalizar a sua candidatura e será contactado/a quando da próxima turma de recrutas.

Os critérios para admissão de candidatos a estagiário da carreira de bombeiro voluntário são os seguintes:

  1. Idade compreendida entre os 17 e os 45 anos;
  2. Morar em Esplanada BA ou na Região circunvizinha;
  3. Ter cursado o ensino médio completo;
  4. Robustez física adequada à função
  5. Ter aptidão Física;
  6. Saber nadar;
  7. E muita vontade e disponibilidade de ajudar o próximo.

Os documentos que constituem a candidatura são os seguintes:

  1. Ficha de Inscrição modelo IB 01/18;
  2. Atestado ou declaração médica de robustez física adequada à função;
  3. Cópia do cartão de CPF;
  4. Cópia do certificado de Escolaridade;
  5. Certificado de registo criminal (Antecedentes Criminais);
  6. Cópia do comprovante de residência/visto de trabalho (para cidadãos estrangeiros).

A documentação deverá ser entregue no Serviço Administrativo do Corpo de Bombeiros Civil - Brasil.


A finalidade do voluntariado é aumentar a interação do Corpo de Bombeiros Civil - Brasil  e a sociedade, com o intuito de promover o espírito altruísta e aproximar a comunidade com os serviços do Corpo de Bombeiros Civil de Esplanada.

Os trabalhos desenvolvidos serão nas áreas de prevenção e combate a incêndio, salvamento de bens e pessoas, atendimento pré-hospitalar, resgate veicular, entre outras atividades preventivas.

Os candidatos passarão por entrevista pessoal e curso de capacitação seguido de estágio operacional. O serviço voluntário no Corpo de Bombeiros Civil - Brasil  observará o que preceitua a Lei Federal 9.608/98. Os voluntários assinarão o Termo de Responsabilidade e Termo de Adesão ao Serviço Voluntário.


Saiba um pouco mais da história sobre Bombeiros Civis Voluntários no país e no Mundo...


Bombeiro voluntário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Bombeiro Voluntário é a pessoa que, embora tenha recebido treinamento de bombeiro, não exerce esta atividade como profissão, fazendo-a sem remuneração por escolha própria. Por isso são chamados de voluntários e não bombeiros comunitários pois no trabalho comunitário, apesar de também ser feito sem remuneração, sua motivação normalmente decorre de outros motivos como determinações judiciais, credos religiosos, entre outros.

Índice

  / História

Embora atualmente transcendam a atividade de combate e prevenção de incêndios, atuando também em diversas ações de busca, resgate e salvamento, bem como ações de defesa civil o serviço de bombeiros teve sua origem quando o homem primitivo abandonou as cavernas e passou a formar pequenos núcleos de população, levando consigo o fogo para trazer-lhe segurança, e bem-estar. Contudo o homem passou também a ter que se prevenir ou realizar ações de emergência, pois às vezes o fogo voltava-se contra ele. Dessa forma, o homem primitivo teve de regular o uso do fogo, inclusive tendo de estabelecer vigilância sobre o povoado enquanto se ausentava para buscar alimentos.[1] Tal serviço de vigilância não era remunerado, nem tampouco ligado a qualquer organização, mas decorria da necessidade de todos, dessa forma, pode-se estabelecer que os primeiros a desempenhar funções de serviço de incêndios foram voluntários.

Com o passar dos anos o serviço foi sendo aperfeiçoado conforme novos incêndios iam acontecendo, até que em 22. a.C um grande incêndio devastou a capital do Império Romano levando o Imperador César Augusto a criar um grupo pessoas que seriam responsáveis pela segurança de Roma, os "vigiles" sendo este considerado o primeiro corpo de bombeiros a ser criado[2].

No mundo

Nos Estados unidos apenas 9% dos bombeiros são contratados, o restante é voluntário.

No Chile, país onde foi registrado o maior tremor de terra do planeta, com 9,5 graus, 100% dos bombeiros são voluntários e mesmo assim o país tem cerca de 2,2 bombeiros para cada mil habitantes, enquanto no Brasil a proporção é de 0,5 bombeiro para cada mil habitantes.[3]

Em Portugal mais de 90% dos 30.000 bombeiros portugueses são voluntários. Estima-se que as associações de bombeiros voluntários surgiram em Portugal há 650 anos. A Liga dos Bombeiros Portugueses declarou em 2016 que o orçamento do Estado para bombeiros é insuficiente para manter corpos de bombeiros profissionais e que, com o orçamento atual, não daria para manter sequer dois deles.[4]

No Brasil

No Brasil o serviço de bombeiros é exercido em grande maioria das vezes por meio de Corpos de Bombeiros Militares ligados ou não às respectivas polícias militares dos estados ou do Distrito Federal, contudo apenas 14% dos 5.570 municípios tem Corpos de Bombeiros Militares [5] com isso algumas cidades optaram pelo serviço de Bombeiros Civis Profissionais ou Voluntários

Apesar de os Bombeiros Civis no Brasil inicialmente terem sido criados para o atendimento a indústrias e aglomerações como shows e shoppings, com a necessidade de se prestar o serviço para a comunidade também nas ruas, foram criados Corpos de Bombeiros Voluntários.

No Espírito Santo

Os Bombeiros Voluntários de Santa Maria de Jetibá, há mais de uma década, exercem atividades de prestação de serviço à comunidade local e às cidades vizinhas.

Em Santa Catarina

Os Bombeiros Voluntários de Joinville são a mais antiga corporação civil de bombeiros no Brasil, com 120 anos, sendo que atualmente dois a cada 3 bombeiros de Joinville são voluntários.

No Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul o serviço de bombeiros civis voluntários é regulado pela Voluntersul na qual constam como associadas as associações:

  • CBV Garibaldi;
  • CBV Campinas do Sul;
  • CBV Nova Petrópolis;
  • CBV São Sebastião do Caí;
  • CBV Cadelaria;
  • CBV Tapejara
  • CBV Marau
  • CBV Sobradinho
  • CBV Teutonia
  • CBV Rolante
  • CBV Jacutinga
  • CBV Carlos Barbosa
  • CBV Tapes
  • CBV Serafina Correira
  • CBV Igrejinha
  • CBV Charqueadas
  • CBV Paço do Sobrado
  • CBV São José do Ouro
  • CBV Picada Café
  • CBV Arvorezinha
  • CBV Eldorado do Sul
  • CBV Harmonia
  • CBV São José Hortêncio;
  • CBV Barracão
  • CBV Agudo
  • CBV Baqueirão do leão
  • CBV Salvador do Sul e São Pedro da Serra;
  • CBV Imicol
  • CBV Paraíso do Sul
  • CBV Faxinal Noturno
  • CBV Sananduva
  • CBV Parque Eldaorado
  • CBV Machadinho
  • CBV Butiá
  • CBV Ronda Alta
  • Força tarefa GAC

Em São Paulo

Apesar de São Paulo possuir a melhor legislação de prevenção de incêndios do país[7] e de seus bombeiros estarem constantemente entre os melhores, é um estado com poucas unidades de Bombeiro Civil Profissional ou Voluntário.

Em Sâo Paulo as associações do Sistema GBCV[8] representam a maior parte das unidades oficialmente instaladas para serviço de Bombeiros Civis Voluntários. O sistema foi fundado em 2012 e permanece em atividade nas unidades:

  • GBCV Várzea Paulista;
  • GBCV Campo Limpo paulista;
  • GBCV Baixa Mogiana;
  • GBCV Alta Sorocabana.


     A lista de aprovados do ano de 2017 estará disponível no site no campo notícias.

Baixe já sua ficha de inscrição, preencha todos os dados corretamente e nos envie via email: comandocbc-bresplanad@hotmail.com

FICHA DE INSCRIÇÃO VOLUNTÁRIO.pdf


"A verdadeira solidariedade começa onde não se espera nada em troca"Antoine de Saint-Exupéry

Criado com o Mozello - o construtor de site mais fácil de usar do mundo.

 .